Arquivo de etiquetas: São Tomé e Príncipe

Bolsa de estudo Príncipe na Universidade de São Tomé e Príncipe (USTP)

Divulgação:

A bolsa de estudo em causa surge por iniciativa de privados (anónimos) que pretende oferecer a oportunidade de contribuir para que pessoas do Príncipe se possam licenciar na USTP.
O NUCLIO – Núcleo Interativo de Astronomia, enquanto ONGD que coordena o Grupo Lusófono de Astronomia para o Desenvolvimento, com representação em São Tomé e Príncipe PLOAD, sigla em inglês), em colaboração com a Global Science Opera está a mediar este processo com o Governo Regional do Príncipe, a atuar em representação do Espaço Ciência Sundy.
Em 2020 serão atribuídas, no máximo, duas bolsas de estudo.

Mais informações, oferta, condições, candidatura,critérios de seleção, ..., aqui.

#Eddington_Sundy

12 de julho

A 12 de julho de 1975 São Tomé e Príncipe tornou-se independente, após a assinatura de um documento, em Argel, entre o governo português e o MLSTP, a 26 de novembro de 1974.

A bandeira da República Democrática de São Tomé e Príncipe (RDSTP) consiste em três barras horizontais, sendo verdes as dos extremos e de igual largura e, a do meio, à qual estão fixadas duas estrelas negras de cinco pontas, amarela e de largura igual a uma vez e meia cada uma das outras, e de um triângulo escarlate cuja base está localizada no lado direito da bandeira. A altura do triângulo é metade da da sua base.

O significado de cada um dos elementos que compõem a bandeira:

  • duas estrelas simbolizando as ilhas do arquipélago;
  • um triângulo, exprimindo a igualdade, vermelho, simbolizando a a luta pela independência;
  • as cores amarelo, verde e vermelho, relativas ao movimento de libertação (as cores pan-africanas).
Bandeira de São Tomé e Príncipe

Bibliotecas - São Tomé e Príncipe

As bibliotecas, no mundo ocidental, talvez sejam espaços reservados, um pouco vazios de leitores. São locais encantadores, guardiãs de múltiplos saberes e ponto de acesso aos livros e ao conhecimento. Locais, por vezes procurados, pelos computadores e acesso à teia WWW, são locais que se devem visitar e conhecer.

in https://www.saotome.embaixadaportugal.mne.pt/pt/a-embaixada/centro-cultural-portugues

Em São Tomé, o Centro Cultural Português reabriu ao público e continua a sua missão. Um local a conhecer através de uma reportagem da RTP África (minuto 11:25) sobre a reabertura do Centro Cultural Português e a nossa biblioteca.

Arribada Club

No golfo da Guiné, na ilha do Príncipe, um clube dedicado a Ciência e Tecnologia. Está online o sítio do Clube Arribada, promotor de atividades extracurricularres de educação STEM. Uma iniciativa que oferece aulas gratuitas a crianças entre os 10 e os 12 anos, no Príncipe. Uma iniciativa inovadora, num país insular e numa ilha duplamente insular, que irá proporcionar aos jovens a oportunidade de aprender competências fundamentais para o séc. XXI.

Um projeto conjunto entre Arribada Initiative e a Fundação Príncipe , começado com o apoio da The Shuttleworth Foundation e com o apoio da CST - Companhia Santomense de Telecomunicações e da HBD Príncipe.

No Dia Mundial do Chocolate...

No Dia Mundial do Chocolate, quase que por omissão, somos levados a São Tomé e Príncipe, local de eleição para a produção de um cacau de qualidade extrema.

Um vídeo sobre Claudio Corallo, que produz cacau na ilha do Príncipe, na roça Terreiro Velho e o transforma em São Tomé.

Curta-metragem "Manuel" - Divulgação

No Facebook do Teatro Miguel Franco:

Dia 14 de Junho às 22:00, uma curta-metragem de Bruno Carnide, "Manuel". Chama-se Manuel. 71 anos. Viúvo. Carpinteiro. Dono de um lote de café, na Roça de Monte Café, em São Tomé e Príncipe. Terra de onde tudo brota sem pedir permissão. Manuel é de sorriso largo e rasgado, com uma fala de poema. Conta uma história única de um país que esqueceu o que era produzir o café. Ele ainda o cultiva, seca, torra e mói. Mas a vida não o desgasta. Manuel não baixa os braços. Aproveita tudo o que a terra lhe dá como se fosse uma bênção. Uma semente é uma riqueza. É impossível descrever Manuel em palavras. Falta o tempo húmido que cola à pele. Falta o cheiro a terra molhada. Falta o som das crianças a gritar lá fora. Acima de tudo, falta a sua gargalhada permanente. Manuel é uma das poucas pessoas a produzir café em São Tomé e Príncipe. Disponível por 24h a partir da data de publicação da curta-metragem.

As Ilhas do Meio do Mundo

Sinopse:

"Estas são as ilhas que os deuses criaram: São Tomé e Príncipe! Duas ilhas plantadas no meio do Equador. Uma linha imaginária que atravessa os tempos, a história, a natureza, povos, e várias culturas do mundo. S. Tomé e Príncipe como ponto de chegada e partida. De chegada de tudo ou de quase tudo: plantas e gentes. E como laboratório do Atlântico que foi para o bem ou para o mal, importa agora (re)ver e mostrar o seu maravilhoso património natural e cultural nas suas variadas dimensões. O que veio, como se misturou, o que ficou. E o que saiu, como saiu e deu outros frutos, outras cores, outras vozes ao mundo e no mundo. Outras famílias. Como a gastronomia pode provocar e ser pretexto para destapar as várias "panelas" onde foram e são hoje cozinhados os ingredientes das vidas crioulas. Com a geografia os sabores. Como as festas populares e religiosas de cada lugar tomam conta do bilhete de identidade santomense." O cozinhador/contador de histórias João Carlos Silva desenha e apresenta e o músico/realizador Kalú Mendes filma e mostra "As Ilhas do Meio do Mundo", um programa de entretenimento, em que a história, cultura, biodiversidade, literatura, e a culinária de São Tomé e Príncipe se misturam para mostrar ao mundo, os valores da identidade santomense.

Episódios: https://www.rtp.pt/programa/episodios/tv/p37319