Arquivo de etiquetas: Pensamentos dispersos sobre tudo ou sobre essencialmente nada

Decisões

Existem decisões simples e decisões que mudam o curso da nossa vida. Com a idade a tomada de decisões é um processo mais complexo, pois a experiência ajuda a compreender as possíveis ramificações de cada ação.

Por vezes uma decisão parece errada por diversas razões, por exemplo, sair da zona de conforto e ir rumo ao incerto pode ser desconfortável. No entanto a definição de zona de conforto não é tão linear como aparenta, pois o que considero a minha zona de conforto é o que outra pessoa chama de desafio e processo de descoberta. O incerto pode ou não ser conduzir a uma jornada que leva a crescimento profissional e pessoal.

A vida é feita de inúmeras interações e felizmente existem diversos momentos fortuitos, irrelevantes mesmo, que são a peça final de uma árvore de decisões. Uma simples pergunta pode ser a chave para a conclusão de uma decisão ou uma análise SWOT.

Um dia, alguém perdeu parte do seu tempo, a me mostrar que o melhor é mesmo tomar a decisão que menos nos beneficia no imediato, pois a vida é curta e temos que aproveitar a viagem.

Curiosamente 6 anos e 6 meses depois, uma outra pessoa mostrou me que efetivamente, como a expressão popular traduz quase na perfeição, mais vale ser engraçado do que ter graça, a realidade pode ser injusta para algumas pessoas. Serás sempre recordado por algumas pessoas não pelo que fazes, mas sim pelas tuas falhas. Mesmo quando fazes, existe sempre uma "alma caridosa" que mostra como é irrelevante o que foi alcançado. Estranha forma de olhar a vida e de procurar a felicidade!

Duas frases, dois momentos, talvez menos de 30 segundos no total e uma hipótese de caminho passa a uma decisão confiante.

Iniciativa Legislativa de Cidadãos para a recuperação de todo o tempo da carreira docente

Neste momento 10431 assinaturas. Curioso a origem da maior oposição a esta iniciativa.

Ultrapassadas as 10.000 assinaturas na Iniciativa Legislativa de Cidadãos para a recuperação de todo o tempo da carreira docente. Há quem ache que o número já deveria ser maior. Discordo. Ando nisto há demasiado tempo para não conhecer o terreno onde nos movemos. in O Meu Quintal, Paulo Guinote