São Tomé e Príncipe

A 1 de marco de 2006 escrevi sobre São Tomé e Príncipe:

Duas ilhas de origem vulcânica que ocupam a área de 1001 quilómetros quadrados, separadas por 140 km, cuja latitude varia entre 1 º 44' Norte e 0º 1' Sul e a longitude entre 7º 28' Este e 6º 28' Este, que merecem decididamente o título de paraíso à face da Terra.

Atenção, que esta afirmação não significa que tudo é perfeito ou não fosse este um país em vias de desenvolvimento, mas de certeza que visitar este país fará as delícias de todos os amantes da Natureza.

Para quem não sabe as ilhas de São Tomé e Príncipe foram descobertas por dois navegadores tugas, Pêro Escobar e João de Santarém, que desembarcaram neste país em 1460 (São Tomé), podendo-se visitar o padrão dos Descobrimentos em Anambó.

Quais os locais que se devem visitar em São Tomé? Muitos, destacando-se Lagoa Azul, Cascata de São Nicolau, Boca do Inferno, Lagoa Amélia, Praia das Conchas, Praia dos Tamarinos, Praia Jalé (entre muitas outras), Roça Bombaim, Roça Agostinho Neto, Roça Água Izé, Pico de São Tomé, Marco do Equador,…, e passear pela cidade de São Tomé. E por agora nem sequer vamos falar na ilha do Príncipe!!!

in https://1001quilometrosquadrados.blogspot.com/2006/03/so-tom-e-prncipe.html

Paulo Freire

Um mundo a descobrir, a obra de Paulo Freire. Duas citações, para começar:

O que me surpreende na aplicação de uma educação realmente libertadora é o medo da liberdade.

Os opressores, falsamente generosos, tem necessidade para que a sua generosidade continue tendo oportunidade de realizar-se, da permanência da injustiça.

Para mais tarde recordar

Um dos pontos focais da Educação do séc. XXI é a Sustentabilidade. A Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe - CELP, desde a sua génese, apoia todas as iniciativas de Educação Ambiental. Pequenos gestos podem fazer a diferença, como por exemplo, fazer a separação do lixo corretamente, para posterior transporte e reciclagem.Em parceria com a TESE, o nosso lixo irá ter valor acrescentado e não apenas se acumular na lixeira da Penha.


Um apelo a todos, para divulgar junto dos alunos a importância da separação do lixo – vidro, plástico, metal e lixo orgânico / indiferenciado. Na escola sede existem novos caixotes amarelos destinados exclusivamente para o metal e o plástico. Continuam a existir na cantina contentores destinados especificamente ao vidro, metal, plástico e lixo orgânico, que possibilitam uma separação eficaz do lixo em São Tomé e Príncipe.

100 anos de Relatividade Geral

Em 2019 comemoram-se 100 anos da confirmação experimental da Teoria da Relatividade Geral. As observações realizadas em 29 de Maio de 1919 no Príncipe foram um marco relevante para a História da Ciência e para a Ciência. Foram efetuadas observações que são um momento marcante da visão que temos hoje do Universo pois permitiram, pela primeira vez, verificar que os dados obtidos experimentalmente estão de acordo com a previsão da Teoria da Relatividade Geral de Einstein para a deflexão da luz pelo Sol.

Permitiram não só a projeção mediática de Albert Einstein, mas acima de tudo, a verificação experimental de uma previsão da teoria, que levou a comunidade científica a encarar a gravidade de uma forma totalmente inovadora e que ainda hoje desafia as maiores mentes do nosso tempo.

Durante o eclipse solar de 29 de Maio de 1919, a ilha do Príncipe, uma ilha na costa Oeste de África e o Sobral, no Brasil, foram palcos de observações astronómicas históricas de um eclipse solar total levadas a cabo por um grupo de astrónomos liderados por Arthur Eddington numa expedição conjunta entre a Royal Astronomical Society e da Royal Society.

Muito para descobrir em: https://esundy.org/