Arquivo da Categoria: Trabalhos – Alunos

Projeto MEDEA

Existem muitos livros publicados sobre o que é a Ciência, como funciona o método científico, quais as regras do sistema peer-review e a cultura da crítica construtiva que é necessária para existir evolução científica.

No entanto nada substitui o trabalho e o desenvolvimento de projetos. Hoje foi submetido o trabalho final do projeto MEDEA pelos meus alunos. Independentemente do resultado, os meus parabéns pelo empenho e trabalho realizado pelo grupo de alunos da Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe - Centro de Ensino e da Língua Portuguesa e um muito obrigado à SPF – Sociedade Portuguesa de Física e à REN – Redes Energéticas Nacionais por permitir a nossa participação.

 

A terminar, Fernando Pessoa, na pessoa de Ricardo Reis:

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

14-2-1933 Odes de Ricardo Reis . Fernando Pessoa. (Notas de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1946 (imp.1994).
1ª publ. in Presença , nº 37. Coimbra: Fev. 1933.

 

Eco Espaço

Desde 2005 que a capacidade de trabalho e a criatividade dos alunos da atual Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe - Centro de Ensino e da Língua Portuguesa (antigo IDF) nunca me deixa de surpreender pela positiva.

A resposta de um grupo de alunos do 12º ano ao pedido de uma música para o espaço de educação ambiental, "Eco Espaço", promovido pelo Clube de Ciências, Tecnologia e Ambiente, no programa de rádio "Escola Portuguesa em Ação", na Rádio Jubilar (sábado, 11 - 12 horas).

Hey... Bora proteger o meio ambiente
Ele eh teu... E de toda gente
Diga n aos lixos na praia... Aserio niggah n maya
Só assim é que o mambo irá para frente
Não custa nada... Eh fácil entao tente...
A pessoa q te diz eh dificil... Juro q te mente
Poluir o meio ambiente... Eh poluir te a ti proprio...
Pq tu vives nele... Seja inteligente...
Precisamos de amadurecer... A nossa mente crua...
E acabar com a cena de pôr lixo na rua...
E a escolha eh só tua... Vem connosco brada...
O lixo aqui ocupa uma boa parte da estrada
E assim ao pais damos uma má imagem
Deitamos fora coisas q podmos usar pra reciclagem
Continuar assim? N pode ser
N podemos destruir o meio ambiente... Eh nosso lar... E precisamos de um lugar pra viver

Tokyo, Caué, L. A. ou Belém
Não importa de onde és, só queremos o teu bem
O bem da nossa casa
Ao cuidar da natureza
Do ser mais pequenino até ao rei podes ter certeza
Punda Déçu bili uê, aqui também é teu cutê
Se não cuidares dele, os outros muito menos(jamais)
Então para de estar sentado e vê se te pões de pé
Ergue a tua cabeça e vem salvar o que é teu (amém)
Não espera pra amanhã tu podes fazer hoje
O nosso mundo é muito mais do que um emoji
Nosso cantinho, onde podemos passear
Saltar para um rio sem ter muito que pensar
Ver o sorriso dos pequenos a cantar
Viver a vida e aproveitar,
Há coisas que não têm preço quando tu vês
Mas sem atenção isso acaba de vez

Proteje
Vê se preocupa com ele
Cuida
Não deixa não
Planeta não aguenta pressão
Ainda há tempo pra correção yeah
Céu azul, planeta pintado
Nós temos contrato

A Origem dos Provérbios, Lendas, Ditados Populares, …

Uma análise de como terão surgidos alguns dos provérbios populares, mitos, crenças, lendas e tradições de Portugal e São Tomé e Príncipe.

Na sequência de Pipocas com Telemóvel, os alunos da Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe continuam a aplicar os seus conhecimentos à desconstrução de ideias feitas e mitos populares.

Todos sabemos que passar por debaixo de um escadote dá azar… Afinal a probabilidade de ser atingido por um martelo, uma ferramenta elétrica, um tijolo é maior quando se passa debaixo de um escadote ou de andaimes 😊

Física 12º ano - Eletricidade e Magnetismo

Física em Ação ao serviço de um Mundo mais Seguro!

Para-raios - A carga tende a acumular-se nas regiões pontiagudas do condutor.

pá·ra·-rai·os |pá|
(forma do verbo parar + raio)
substantivo masculino de dois números
[Física] Haste metálica ligada a uma corrente condutora, destinada a preservar os edifícios da acção do raio.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: para-raios.

"para-raios", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/para-raios [consultado em 10-03-2017].

Ligação: Prezi para-raios.

Cartazes de sensibilização para as consequências do "roubo de energia".

LIGAÇÕES ELÉTRICAS ILÍCITAS E ARBITRÁRIAS PODEM CAUSAR GRAVES PROBLEMAS, ATÉ A MORTE | TÉLA NÓN
Muitos moradores por não terem acesso a energia eléctrica, ou sob multa, recorrem a meios ou forma de ligações ilegais pondo em causa a sua própria vida, e do deficiente sistema eléctrico existente em algumas localidades. Fonte: (Telanon.info, 2017)

Bibliografia: Telanon.info. (2017). Ligações elétricas Ilícitas e arbitrárias podem causar graves problemas, até a morte | Téla Nón. [online] Disponível em: http://www.telanon.info/sociedade/2013/01/02/12146/ligacoes-eletricas-ilicitas-e-arbitraria-pode-causar-graves-problemas-ate-a-morte/ [Acedido a 10 Mar. 2017].

Espírito Crítico

Uma das competências chave para uma cidadania que se quer ativa, participativa e democrática é o espírito crítico. Com esta ideia todos concordamos, excepto quando se é um ditador e se quer manter um país sob controlo.

No entanto, quando se coloca a questão de como desenvolver esta competência e se tenta passar do plano teórico ao prático podem surgir alguns problemas. Uma ideia simples, ler alguns capítulos de Pipocas com Telemóvel, David Marçal e Carlos Fiolhais (Gradiva, 2012) e pedir aos alunos para, por eles próprios, fazer a experiência tão divulgada no Youtube.

Será possível fazer pipocas com telemóveis? As respostas dos alunos: