Arquivo da Categoria: Textos

Reflexão sobre o medo

Um pequeno resumo / reflexão de como gerir o medo para justificar ações, tornar o inaceitável, uma ação banal e necessária. Quando a ficção infelizmente se torna realidade.

As Transformações Do Medo por Paulo Guinote

Competências

E eu sinto-me quase culpado por não partilhar de tão imenso entusiasmo, confiança e assertividade. Sou um caso evidente de reskilling falhado.

Have you learned anything new in lockdown or did you WASTE IT? What harsh truths did you discover?

Causa e efeito

Para São Tomé e Príncipe, a UNCTAD prevê um efeito negativo de 7% na economia do país. De acordo com os dados da agência da ONU, o turismo representa 27% do PIB, enquanto a dívida externa alcança os 59% deste indicador. Ao mesmo tempo, São Tomé e Príncipe é um dos países com menores reservas internacionais, suficientes apenas para três meses.

Perguntas

Publicações - Escola Pública durante a pandemia covid-19

Alguns textos e reflexões que ficaram online nos últimos dias:

Abre-te Sésamo! (Jorge Sottomaior Braga) - infraestrutura de identidades digitais dentro da escola, Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), ...

As escolas são os fiéis depositários dos dados de alunos, professores, encarregados de educação e restantes colaboradores, mas não são donos desses dados. Esses dados não podem andar a ser desbaratados pela internet em videoconferências realizadas com contas gratuitas pessoais, em murais associados a contas pessoais, em servidores que não correm sobre HTTPS, etc. Parafraseando João Traça – “Nem o COVID nem o estado de emergência puseram a proteção de dados de Quarentena.”

UMA ESCOLA POBRE PARA OS “POBREZINHOS”? (Paulo Guinote) - inclusão, segurança digital, digital gap, ...

Nesta terceira crónica, o professor Paulo Guinote não poupa críticas à ideia de que a educação a distância vai revolucionar o ensino e alerta para o acentuar das desigualdades entre alunos.

As consequências psicológicas da quarentena (Júlio Machado Vaz) - efeito angustiante, ansiedade, incertezas, ...

Ficheiro perdido

Paciência vs. burocracia

Quando é tudo para ontem e pedem a mesma informação n vezes, sendo que o pedido n+1 será sempre num suporte / formato diferente do anterior começa a faltar a paciência. Sendo que o tempo não é algo que não existe em quantidade infinita e que o Paulo Guinote já escreveu:

"Não é multiplicar operações ou agregá-las de forma mais complexa do que antes. No fundo, é tornar mais simples, célere, amigável, algo que se fazia antes. Só isso."

Não há muito mais a dizer. Simplificar não é multiplicar o mesmo pedido por n!

P.S. Cada um substitui n pelo número que desejar.

It's been one hell of a ride

O que se descobre a arrumar arquivos:

(2005 - 2019)

Foram anos em que os adjetivos não traduzem a experiência! Momentos impressionantes, alguns completamente loucos, instantes únicos, algumas situações perigosas, muitas emoções, mudanças e reviravoltas, pessoas marcantes.