Arquivo da Categoria: Citação

O mundo precisa de uma “mudança radical” para responder ao desafio das alterações climáticas, declarou esta sexta-feira o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, num artigo de opinião publicado no diário britânico The Guardian.

Paulo Freire

Um mundo a descobrir, a obra de Paulo Freire. Duas citações, para começar:

O que me surpreende na aplicação de uma educação realmente libertadora é o medo da liberdade.

Os opressores, falsamente generosos, tem necessidade para que a sua generosidade continue tendo oportunidade de realizar-se, da permanência da injustiça.

Excerto do Jornal de Letras



Doutora Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
in Jornal de Letras, Artes e Ideias, edição de 28 de fevereiro a 13 de março de 2018



(...)
Uma das prioridades terá que se centrar na formação dos mais jovens, aqueles, cujo caminho natural passa pela justa, livre e necessária aquisição de competências.
Amanhã, como outrora, as pessoas continuarão a constituir a maior riqueza e o maior investimento. Garantir a sua formação de forma bem-sucedida constitui um dos maiores desafios que cumpre enfrentar nos próximos anos, conscientes do interesse individual e coletivo, assumindo-o com cumplicidade, envolvendo os diversos atores que compõem a nossa sociedade, de uma forma harmoniosa, equilibrada e serena. Disso dependerá a posição internacional de Portugal.
(…)
A formação, a ciência, o conhecimento, tenderá a acentuar a sua importância capital, diria mesmo decisiva e crescentemente convocada, podendo contribuir com sucesso para responder aos principais problemas que afetam a sociedade contemporânea, tal como enunciado nos 17 desafios da Agenda 2030.
(...)

Locais

Existem locais que nos marcam! Uma afirmação algo banal, trivial mesmo. Espantoso como um regresso a um local nos traz inúmeras memórias que nos deviam alegrar. No entanto, em determinados momentos da nossa breve passagem por este planeta, esses mesmos locais conseguem nos lembrar que o que sentimos irreal é na verdade uma dura e triste realidade.

Por muito que custe a vida continua e o ritmo inexorável do tempo não perdoa. Aprender as lições e relembrar que, embora efémera, algumas pessoas que temos a felicidade de conhecer têm muito a nos ensinar.

José Saramago

Eu não gosto de falar de felicidade, mas sim de harmonia: viver em harmonia com a nossa própria consciência, com o nosso meio envolvente, com a pessoa de quem se gosta, com os amigos. A harmonia é compatível com a indignação e a luta; a felicidade não, a felicidade é egoísta.

"Tu estavas dentro de mim e eu fora…"

“Os homens saem para fazer passeios, a fim de admirar o alto dos montes, o ruído incessante dos mares, o belo e ininterrupto curso dos rios, os majestosos movimentos dos astros. E, no entanto, passam ao largo de si mesmos. Não se arriscam na aventura de um passeio interior”

Santo Agostinho

Impossível vs. Improvável

Hoje é feriado em São Tomé e Príncipe. De São Tomé, o que fica dos Evangelhos é a célebre expressão: “ver para crer” (cf. https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Tom%C3%A9).

Não sendo apóstolos, mas autores consagrados, o que nos diz a literatura sobre o impossível e o improvável:


"Pode-se acreditar no impossível, mas nunca no improvável" - Oscar Wilde


"Depois de eliminado o impossível, o que resta, por mais improvável que seja, tem de ser verdade" - Sir Arthur Conan Doyle

Natal & Física

Famous Physicists Christmas Party

Kelvin was very cool.
Hollerith liked the hole idea.
Thomson enjoyed the plum pudding.
van der Waals forced himself to mingle.
Bohr ate too much and got atomic ache.
Watt turned out to be a powerful speaker.
Volt thought the social had a lot of potential.
Heisenberg may or may not have been there.
Compton was a little scatter-brained at times.
Einstein thought it was a relatively good time.
After one bite Chandrasekhar reached his limit.
Stefan and Boltzman got into some hot debates.
Hamilton went to the buffet tables exactly once.
Coulomb got a real charge out of the whole thing.
Chadwick was handing out neutrons free of charge.
While Fermat sang, 'Save the Last Theorem for me.'
de Broglie mostly just stood in the corner and waved.
Pascal was under too much pressure to enjoy himself.
The Curies were there and just glowed the whole time.
Everyone was attracted to Tesla's magnetic personality.
Hertz went back to the buffet table several times a minute.
Born thought the probability of enjoying himself was pretty high.
Pauli came late, but was mostly excluded from things, so he split.
Cavendish wasn't invited, but he had the balls to show up anyway.
Instead of coming through the front door Josephson tunnelled through.
Ohm spent most of the time resisting Ampere's opinions on current events.
For Schrodinger this was more a wave function rather than a social function.
Gamow left the party early with a big bang while Hoyle stayed late in a steady
state.
The microwave started radiating in the background when Penzias and Wilson
showed up.
Cauchy, being the only mathematician there, still managed to integrate well
with everyone.
Everyone gravitated toward Newton, but he just kept moving around at a
constant velocity and showed no reaction.
Millikan dropped his Italian oil dressing.
Hilbert was pretty spaced out for most of it.
Faraday had quite a capacity for food.
Wien radiated a colourful personality.
Rontgen saw through everybody.
Oppenheimer got bombed.

Infelizmente não tenho os dados do autor, mas no espírito da quadra, Boas Festas a Todos!!!