Aquivos por Autor: andrejff

Para mais tarde recordar

Um dos pontos focais da Educação do séc. XXI é a Sustentabilidade. A Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe - CELP, desde a sua génese, apoia todas as iniciativas de Educação Ambiental. Pequenos gestos podem fazer a diferença, como por exemplo, fazer a separação do lixo corretamente, para posterior transporte e reciclagem.Em parceria com a TESE, o nosso lixo irá ter valor acrescentado e não apenas se acumular na lixeira da Penha.


Um apelo a todos, para divulgar junto dos alunos a importância da separação do lixo – vidro, plástico, metal e lixo orgânico / indiferenciado. Na escola sede existem novos caixotes amarelos destinados exclusivamente para o metal e o plástico. Continuam a existir na cantina contentores destinados especificamente ao vidro, metal, plástico e lixo orgânico, que possibilitam uma separação eficaz do lixo em São Tomé e Príncipe.

100 anos de Relatividade Geral

Em 2019 comemoram-se 100 anos da confirmação experimental da Teoria da Relatividade Geral. As observações realizadas em 29 de Maio de 1919 no Príncipe foram um marco relevante para a História da Ciência e para a Ciência. Foram efetuadas observações que são um momento marcante da visão que temos hoje do Universo pois permitiram, pela primeira vez, verificar que os dados obtidos experimentalmente estão de acordo com a previsão da Teoria da Relatividade Geral de Einstein para a deflexão da luz pelo Sol.

Permitiram não só a projeção mediática de Albert Einstein, mas acima de tudo, a verificação experimental de uma previsão da teoria, que levou a comunidade científica a encarar a gravidade de uma forma totalmente inovadora e que ainda hoje desafia as maiores mentes do nosso tempo.

Durante o eclipse solar de 29 de Maio de 1919, a ilha do Príncipe, uma ilha na costa Oeste de África e o Sobral, no Brasil, foram palcos de observações astronómicas históricas de um eclipse solar total levadas a cabo por um grupo de astrónomos liderados por Arthur Eddington numa expedição conjunta entre a Royal Astronomical Society e da Royal Society.

Muito para descobrir em: https://esundy.org/

Educação para a Cidadania & Estatuto do Aluno e Ética Escolar

Um direito ou um dever ser um cidadão pleno e ativo?

Retirado do Estatuto do Aluno e Ética Escolar

Artigo 6.º

Valores nacionais e cultura de cidadania

No desenvolvimento dos princípios do Estado de direito democrático, dos valores nacionais e de uma cultura de cidadania capaz de fomentar os valores da dignidade da pessoa humana, da democracia, do exercício responsável, da liberdade individual e da identidade nacional, o aluno tem o direito e o dever de conhecer e respeitar ativamente os valores e os princípios fundamentais inscritos na Constituição da República Portuguesa, a Bandeira e o Hino, enquanto símbolos nacionais, a Declaração Universal dos Direitos do Homem, a Convenção Europeia dos Direitos do Homem, a Convenção sobre os Direitos da Criança e a Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, enquanto matrizes de valores e princípios de afirmação da humanidade.

in Lei n.º 51/2012, Diário da República n.º 172/2012, Série I de 2012-09-05

A importância dos dados nos dias de hoje

Uma das evidências que apontam para a importância dos dados em 2019 é o número de pós-graduações sobre “Big Data” em inúmeras Universidades do Mundo inteiro. Além da existência destes cursos, é muito relevante a importância dos dados para sistemas de Inteligência Artificial que grandes multinacionais utilizam para nos propor produtos e serviços.

Desde sempre, os dados e a informação sempre foram bens, demasiadas vezes cobiçados, como a rota seguida pelo Vasco da Gama em plena Era dos Descobrimentos. No momento atual, numa era digital, enormes quantidades de informação podem ser copiadas e colocadas em quase qualquer parte do globo, em minutos.

Num ponto de vista individual, os nossos dados pessoais são extremamente valiosos, pois o desenvolvimento da tecnologia também permite o aparecimento de novas formas de criminalidade, como por exemplo, o roubo de identidade, dados bancários ou o ransomware.

A recolha de enormes quantidades de dados aliados a um poder computacional crescente, permite, recorrendo a modelos estatístico, transformar os dados e as nossas informações em conhecimento significativo.

É muito importante investir na literacia digital de todos os membros da comunidade educativa e divulgar boas práticas de proteção dos nossos dados, informações e ficheiros. A revolução digital deve ser acompanhada de uma nova forma de encarar o nosso quotidiano online e a aposta na cibersegurança.

Complexidade e os desafios do século XX

O século XXI é governado por dinâmicas não lineares, muito afastadas do mundo mecanicista preconizado pela Dinâmica de Newton ou pelas regras da Revolução Industrial. 

Problemas complexos que requerem equipas multidisciplinares, soluções de compromisso que envolvem Ciência, Tecnologia, Ética, Direito, Economia, a título de exemplo e a capacidade de comunicar e colaborar procurando um futuro comum e sustentável.