Papel

É a dimensão da imaginação que consegue conceber uma rede burocrática infinita de papéis encadeados que necessariamente necessitam de ser preenchidos e arquivados para que outros documentos sejam preenchidos e analisados por equipas que irão elaborar novos documentos de síntese e reflexão que condizem à criação de relatórios de análise para discussão em foruns próprios que têm os seus documentos a preencher para uma futura difusão e trânsito para grupos de trabalhos que depois de elaborar um relatório síntese o encaminham para análise e reflexão dos primeiros, que irão dar continuação ao ciclo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 × 4 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.