Falta de professores

Uma leitura sobre uma notícia que me passou ao lado. Se por um lado a falta de professores em determinados grupos de recrutamento é crónica e vai ser sistemática, por outro lado, será que irá existir um regresso a uma época não tão distante em que o corpo docente será construído a partir de formação pedagógica a construir após a prática profissional?

Da autoria de Paulo Guinote: "Continua em alta aquela coisa do “espírito de missão” dos professores. (...)"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 × two =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.