Séc. XXI & Literacia

Quando não se questiona que a tecnologia é uma facilitadora do processo de ensino - aprendizagem, permitindo visualizar fenómenos abrastratos e/ou complexos, permitir e potenciar a discussão e o trabalho colaborativo, será que estamos perante chavões spin-off da Web Summit, um alerta ou marketing pró-digital?

Segundo um estudo, prevê-se que, até 2030, aproximadamente 42% de portugueses tenham de atualizar as suas qualificações ou mudar de profissão.

Nova SBE / CIP

Aprender a a programar é como falar outro idioma, neste caso o digital. Sem literacia digital, sem programação, não preparemos as crianças e os jovens para este novo mundo.

Mnantsetsa Marope, representante da UNESCO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.