12 de julho

A 12 de julho de 1975 São Tomé e Príncipe tornou-se independente, após a assinatura de um documento, em Argel, entre o governo português e o MLSTP, a 26 de novembro de 1974.

A bandeira da República Democrática de São Tomé e Príncipe (RDSTP) consiste em três barras horizontais, sendo verdes as dos extremos e de igual largura e, a do meio, à qual estão fixadas duas estrelas negras de cinco pontas, amarela e de largura igual a uma vez e meia cada uma das outras, e de um triângulo escarlate cuja base está localizada no lado direito da bandeira. A altura do triângulo é metade da da sua base.

O significado de cada um dos elementos que compõem a bandeira:

  • duas estrelas simbolizando as ilhas do arquipélago;
  • um triângulo, exprimindo a igualdade, vermelho, simbolizando a a luta pela independência;
  • as cores amarelo, verde e vermelho, relativas ao movimento de libertação (as cores pan-africanas).
Bandeira de São Tomé e Príncipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

17 − 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.