Curta-metragem "Manuel" - Divulgação

No Facebook do Teatro Miguel Franco:

Dia 14 de Junho às 22:00, uma curta-metragem de Bruno Carnide, "Manuel". Chama-se Manuel. 71 anos. Viúvo. Carpinteiro. Dono de um lote de café, na Roça de Monte Café, em São Tomé e Príncipe. Terra de onde tudo brota sem pedir permissão. Manuel é de sorriso largo e rasgado, com uma fala de poema. Conta uma história única de um país que esqueceu o que era produzir o café. Ele ainda o cultiva, seca, torra e mói. Mas a vida não o desgasta. Manuel não baixa os braços. Aproveita tudo o que a terra lhe dá como se fosse uma bênção. Uma semente é uma riqueza. É impossível descrever Manuel em palavras. Falta o tempo húmido que cola à pele. Falta o cheiro a terra molhada. Falta o som das crianças a gritar lá fora. Acima de tudo, falta a sua gargalhada permanente. Manuel é uma das poucas pessoas a produzir café em São Tomé e Príncipe. Disponível por 24h a partir da data de publicação da curta-metragem.