Leituras

Elogio do Imbecil, Pino Aprile


Este livro parte da premissa que os inteligentes construíram o mundo, mas são os imbecis que irão triunfar e desfrutar do mundo em que vivem.

Todos sabemos que existe uma regra da lógica que afirma que partindo de determinadas premissas podemos tirar qualquer conclusão lógica.

Regra geral, achamos piada mas rapidamente caímos na realidade. Com este livro damos por nós acreditar em todas as conclusões que o autor nos apresenta e que este livro é um ensaio real, científico e idóneo.

A dada altura do livro:

...a organização multiplica o número de pessoas necessárias ao seu funcionamento, sem que isso torne necessário que aumentem a massa e a qualidade do trabalho realizado.

Isto não soa familiar a todos os que já lidaram com certos funcionários públicos e a burocracia requerida para fazer qualquer coisa em Portugal? Qualquer dia, porque estamos muito tempo numa repartição (alguma vez estamos pouco tempo, do tipo, chegar , tratar da papelada e sair) e necessitamos de utilizar a casa de banho temos que preencher um impresso em triplicado para o qual existe uma fila com tempo de espera até ser atendido de 47 minutos. Na eventualidade de utilizarmos papel higiénico temos que preencher uma requisição que temos que entregar numa repartição localizada no outro lado da cidade!!

Na página 92 deste livro lê-se: E as burocracias tendem a difundir a estupidez…. Este livro foi um dos melhores que já li, porque explica muito do que suspeitamos mas nunca nos atrevemos a questionar.