Plástico

Penso que ninguém se opõem ao progresso e que a tecnologia oferece a todos novas soluções e caminhos alternativos, independentemente da nossa profissão. No entanto, a qualidade e a quantidade de resíduos que produzimos tem que ser pensada e alvo de uma reflexão séria. O caminho mais simples é ignorar e esquecer que um dia os nossos filhos, netos e amigos também partilham o mesmo planeta connosco.

A reflexão deve começar por cada um pensar sobre os seus hábitos e quotidiano. Quanto lixo, por dia, produz cada um de nós?